Prefeitura e ciclistas de Coritiba definem 15 novos endereços de paraciclos

O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba definiu nesta semana, em conjunto com representantes da Associação dos Ciclistas do Alto Iguaçu, 15 novos locais que terão estacionamentos para bicicletas (paraciclos) na cidade.

Com mais essa etapa atingiremos praticamente todos os pontos de interesse apontados pelos ciclistas na área central como sendo importantes de se ter paraciclos. Os equipamentos também servem para destacar a bicicleta como meio de transporte, especialmente no Centro da cidade diz o presidente do Ippuc, Cléver Almeida. Em março foram instalados oito conjuntos de paraciclos na área central e prédios públicos, com capacidade para até 80 bicicletas.

O modelo dos paraciclos públicos adotados pelo município, desenvolvido pelo setor de Mobiliário Urbano do Ippuc, atende às necessidades dos ciclistas, tanto que eles pediram a substituição de modelos antigos em alguns locais como no Museu Oscar Niemeyer e Bosque João Paulo II.

A principal característica dos paraciclos é prender as bicicletas pelo quadro e não apenas pelas rodas como em alguns modelos antigos. A definição do modelo também passou pela aprovação dos ciclistas.

Novos pontos  – Na área central o Ippuc definiu a instalação de paraciclos nas ruas Trajanos Reis com Treze de Maio, Terminal do Guadalupe, no cruzamento das avenidas Marechal Deodoro com Marechal Floriano, Marechal Deodoro entre a Barão do Rio Branco e Travessa da Lapa, Biblioteca Pública do Paraná e Mercado Municipal.

Na Biblioteca Pública será instalado um conjunto de 10 arcos, com capacidade para 20 bicicletas. Em cada arco podem ser estacionadas duas bicicletas, explica a arquiteta Ana Cristina Gomes.

As praças Rui Barbosa, Carlos Gomes, Ouvidor Pardinho e Santos Andrade também estão na lista para receber os novos equipamentos. As duas primeiras são praticamente terminais de ônibus, e assim importantes para facilitar a integração entre bicicleta etransporte coletivo.

Na Rui Barbosa serão dois conjuntos de cinco paraciclos. O mesmo acontecerá na Santos Andrade, onde um dos conjuntos ficará em frente ao prédio da Universidade Federal do Paraná e o outro em frente ao Teatro Guaíra. Perto dali a Prefeitura já instalou um conjunto de cinco paraciclos, na praça do Estudante.

O Passeio Público terá também dois conjuntos de paraciclos, um em cada entrada. No parque Barigui serão 15 arcos de paraciclos, sendo cinco em frente ao Bistrô e 10 no Salão de Atos. Entre o Shopping Estação e a Universidade Tecnológica do Paraná (UTFPR) também será contemplado.

Estudos –  Segundo a arquiteta do Ippuc, Ana Cristina, faltam alguns ajustes nosprojetos para que eles possam ser encaminhados à Secretaria Municipal de Obras Públicas preparar o orçamento e a licitação das obras. Alguns desses detalhes foram acertados com os ciclistas na reunião realizada na quinta-feira passada.

Uma das observações é a de aumentar as laterais do piso do equipamento quando o paraciclo for instalado em área gramada. Na avenida Marechal Deodoro o piso será de bloco de cimento intertravado para seguir o padrão da calçada, nos demais lugares será de cimento vermelho conforme o modelo que já vem sendo adotado.

O Ippuc avaliará ainda a possibilidade de instalar paraciclos entre as ruas Trajano Reis, Inácio Lustosa e Paula Gomes, praça do Redentor (Gaúcho), no Jardim Ambiental entre as ruas Schiller e Itupava e na Praça João Cândido, perto das Ruínas do São Francisco. São lugares que ainda não passaram por avaliação, então ainda serão estudados, diz Ana Cristina.

Saiba onde estarão os novos paraciclos

Rua Trajano Reis com Treze de maio (5 arcos)
Terminal Guadalupe (5 arcos entre as estações-tubo)
Cruzamento das av. Marechal Floriano e Av. Marechal Deodoro (5 arcos)
Av. Marechal Deodoro, entre Barão do Rio Branco e Travessa da Lapa (5 arcos)
Biblioteca Pública do Paraná (10 arcos na rua Ébano Pereira)
Mercado Municipal (5 arcos na Rua da Paz)
Praça Rui Barbosa (dois conjuntos de 5 arcos)
Praça Ouvidor Pardinho (5 arcos)
Praça Carlos Gomes (5 arcos)
Praça Santos Andrade (2 conjuntos de 5 arcos) perto da UFPR e do Teatro Guaíra
Passeio Público (2 conjunto de 5 arcos nas entradas)
Parque Barigui (5 arcos perto do Bistrô e 10 arcos no salão de Atos)
Bosque João Paulo II (substituição do antigo, 5 arcos)
Museu Oscar Niemeyer (2 conjuntos de 5 arcos, um em cada estacionamento)
Av. Marechal Floriano (5 arcos, entre o UTFPR e Estação Shopping)

Outros pontos que serão avaliados
Rua Trajano Reis entre Inácio Lustosa e Paula Gomes
Jardim Ambiental entre a Schiller e Itupava
Praça João Cândido (Largo da Ordem)
Praça do Redentor (Gaúcho)

FONTE: http://www.agencianoticias.com.br/2012/05/25/prefeitura-e-ciclistas-definem-15-novos-enderecos-de-paraciclos/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s