Volta à Espanha em bicicleta 2013 aposta nas alturas, com 12 metas em montanha

 

 

A Volta à Espanha em bicicleta 2013 volta a apostar na montanha, com 12 metas “nas alturas”, e em finais explosivos para garantir o espetáculo, de acordo com o percurso hoje apresentado em Vigo.

A prova, que cumpre este ano a 68.ª edição, irá percorrer Espanha de norte a sul, vai ter finais em Fisterra, no “fim do mundo”, passará pela Estremadura, passando por novos portos andaluzes, pelos Pirenéus, com uma incursão a França e Astúrias, e o alto do El Angliru como “juiz” da última etapa.

A Vuelta, que se disputará entre 24 de agosto e 15 de setembro, tem saída de Vilanova de Arousa, um contrarrelógio por equipas para cumprir 27 quilómetros até Sanxenxo.

Logo na segunda etapa os corredores enfrentam a subida ao Monte da Groba (Baiona), inédita até então, como a chegada a Fisterra, que concluirá a quarta etapa.

Novidade também é a chegada a Penas Blancas, na oitava etapa, com subidas até 16 por cento, a subida de Valdepenas de Jaen (nona etapa) e ao Alto de Haza Llanas (10.ª), que tem percentagens de 22 por cento, são as primeiras dificuldades antes do primeiro dia de descanso.
Após o repouso surge o contrarrelógio individual, com 38 quilómetros, e o Alto de Moncayo, de terceira categoria a meio do trajeto.

A 14.ª etapa leva os ciclistas aos Pirenéus, com três etapas com duros finais. Segue-se a Colada de La Gallina, em Andorra, passando depois para França, onde se disputa a etapa rainha com meta em Peyragudes.

A parte final da Vuelta é igualmente dura, depois dos portos de Col de Canto, La Bonaigua, Port de Balé, Peyrescourde e Peraygudes, chega-se ao Formigal, onde terá lugar o segundo dia de descanso.

Na penúltima etapa é a vez do lendário Angliru, ultima opção para todos aqueles que cheguem com forças ao porto asturiano. Cuena les Cabres, com os seus 24 por cento de desnível, verá o passo do vencedor final.

O trajeto entre Leganés e Madrid encerrará a Volta a Espanha a 15 de setembro.

Alberto Contador, vencedor da edição de 2012, marcou presença na apresentação da prova, que classificou de “bonita e espetacular”, mas também que causará “muitas dores nas pernas”.

“Vai ser uma Vuelta realmente dura, porque todos os dias irá haver tensão para entrar nos portos. A equipa e eu próprio teremos de estar atentos ao máximo. É um percurso bonito e espetacular, mas as pernas também vão doer muito”, frisou Contador.

Também o líder da Katusha e número um do mundo, Joaquim “Purito” Rodríguez, destacou a dureza do percurso, lembrando a parecença com a anterior edição, embora este ano tenha “mais finais em altura”.

“O pouco que vimos já nos dá uma ideia da dureza que vamos encontrar pela frente. Será parecida com a do ano passado, quem sabe um pouco mais dura. Será uma Volta para sobreviventes”, explicou.

Distância total de 3.319,1 kms em 21 etapas.

1ª etapa: 24 ago, entre Vilanova de Arousa – Sanxenxo 27,0 km (contrarrelogio por equipas).
2.ª etapa: 25 ago, Pontevedra -Baiona Monte da Groba 176,8 km (montanha).
3.ª etapa, 26 ago, Vigo – Mirador de Lobeira, 172,5 km (plana).
4.ª etapa, 27 ago, Lalín – Fisterra, 186,4 km (montanha).
5.ª etapa, 28 ago, Sober – Lago de Sanabria, 168,4 km (montanha).
6.ª etapa, 29 ago, Guijuelo – Cáceres, 177,3 km (plana).
7.ª etpa, 30 ago, Almendralejo – Mairena de Aljarafe 195,5 km (plana).
8.ª etapa, 31 ago, Jerez de la Frontera – Peñas Blancas, 170 km (montanha).
9.ª etapa, 01 set, Antequera – Valdepeñas de Jaén, 174,3 km (montanha).
10.ª etapa, 02 set, Torredelcampo – Alto de Hazallanas, 175,5 km (montanha).
03 set, Descanso.
11.ª etapa, 04 set, Tarazona – Tarazona, 38km (contrarrelogio individual).
12.ª etapa, 05 set, Maella – Tarragona, 157 km (plana)
13.ª etapa, 06 set, Valls – Castelldefels, 165 km (montanha).
14.ª etapa, 07 set, Bagà – Andorra – Collada de la Gallina, 164 km (montanha).
15.ª etapa, 08 set, Andorra – Peyragudes, 232,5 km (montanha).
16.ª etapa, 09 set, Graus – Sallent de Gallego, 147,7 km (montanha).
10 set – Descanso
17.ª etapa, 11 set, Calahorra – Burgos, 184,5 km (plana).
18.ª etapa, 12 set, Burgos – Peña Cabarga, 186 km (montanha).
19.ª etapa, 13 set, S.Vicente de la Barquera – Alto Naranco, 177,5 km (montanha).
20.ª etapa, 14 set, Avilés – Angliru, 144,1 km (montanha)
21.ª etapa, 15 set, Leganés – Madrid, 99,1 km (plana).

 

FONTE: http://online.jornaldamadeira.pt/artigos/volta-%C3%A0-espanha-em-bicicleta-2013-aposta-nas-alturas-com-12-metas-em-montanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s