Prefeito de Vitória cruza cidade de bicicleta

Com 29 km de ciclovias, cidade sofre constantes reclamações de ciclistas. Calçadão da avenida Beira-Mar foi considerado o mais seguro.

 

Silenciosa e pouco espaçosa, a bicicleta é utilizada como uma solução para fugir do trânsito caótico diário. Vitória possui 29 km de ciclovias, mas sofre constantes reclamações por falta de espaço e infraestrutura para ciclistas. Convidado pela TV Gazeta, o novo prefeito da capital, Luciano Rezende, saiu do bairro Praia de Santa Helena e seguiu até o Centro da cidade, de bicicleta, e analisou a situação de ruas e avenidas de Vitória.

“O que me chamou a atenção foram buracos. Em quantidade não muito grande, mas, quando eles aparecem, são muito profundos. E isso, para um ciclista, pode causar uma queda. Então, esse nível do asfalto precisa estar melhor conservado, porque, no caso da bicicleta, um desnível que, no carro, só incomoda, pode promover uma queda”, disse Luciano.

Apesar de compartilhá-lo com pedestres, o calçadão da avenida Beira-Mar foi considerado o mais seguro para chegar de bicicleta ao Centro de Vitória. “O ideal é que não tivesse desnível nenhum, mas, até agora, os desníveis nessa região são suaves. Nós não estamos vendo buracos”, pontuou o prefeito.

Acompanhado  de Jefferson Costa, da Federação Capixaba de Ciclismo, Luciano Rezende preferiu não passar pelas avenidas Princesa Isabel e Jerônimo Monteiro, e alegou alto risco ao ciclista. “Essas duas avenidas são corredores de alta velocidade, pelo que nós podemos observar. O risco do ciclista vai ser enorme. A cidade precisa de, aos poucos, ir se preparando”, falou.

 

Prefeito Luciano Rezende, de bicicleta, avaliou condições das ruas (Foto: Reprodução/TV Gazeta)

 

Segundo o prefeito, a cidade vai passar por melhorias e reformulações para melhor desenvolver o processo de mobilidade. “As ciclovias e ciclofaixas serão parte integrante do processo de locomoção da cidade. As campanhas educativas serão permanentes. E esse é um processo que a gente quer consolidar na cidade. Gradativamente, com o apoio da população e buscando, cada vez mais, estabelecer a bicicleta como meio de transporte saudável e possível, com a cidade se preparando para isso, por meio de bicicletários, bicicletas públicas, ciclovias e ciclofaixas”, finalizou.

 

FONTE: http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2013/01/de-bicicleta-prefeito-de-vitoria-cruza-cidade-e-reclama-de-buracos.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s