Como Sair de Bike em Dias de Chuva

O paulistano está desistindo de sofrer no trânsito da cidade. Aos poucos, as pessoas vão se rendendo, deixam o carro em casa e seguem para o trabalho de bicicleta. O que era para ser uma atividade de lazer passa a ser o meio de transporte. Mas, e nos dias de chuva? Algumas pessoas simplesmente sentem pavor dos dias de chuva. As pitas ficam escorregadias e a visibilidade fica comprometida, o que não é motivo para deixar a bike em casa e pegar o carro. Pensando e colaborar com o trânsito da cidade, principalmente, nos dias de chuva em que o transito dá um nó, preparamos esse post com dicas para você se equipar e se preparar quando

1. Não tenha medo. A chuva é muito benéfica para o ecossistema e, consequentemente, para nós. Entenda que você só precisa de cautela e muita atenção ao andar de bike quando estiver chovendo. E se for uma aquela pancada de verão, será passageira e você pode esperar um pouco para sair com a sua magrela.

2. Equipe-se. Capas de chuva são fundamentais. Não precisa ser uma capa de motoqueiro, pode daquelas de papelaria mesmo. Essas que os motoqueiros usam não são adequadas para quem vai pedalar, pois além de limitar os movimentos, bloqueiam a saída de calor e impedem a transpiração. Além da capa, use óculos com lentes transparentes,  luvas para evitar que as mão escorreguem nas manoplas e, é claro, não se esqueça do capacete.

3. Leve uma troca de roupa. Com certeza você irá se molhar e não vai querer ficar com a roupa molhada o dia todo. Se tiver condições, deixe esse “kit dia de chuva” no seu trabalho, assim, não precisará se preocupar toda vez que chover. Não se esqueça das meias e das roupas íntimas.

4. Invista em uma mochila impermeável. Já pensou chegar ao trabalho com aquele relatório chato e longo todo molhado? Ou com o celular pifado? Não vai ser uma experiência legal. Procure uma mochila que proteja os seus pertences. Mas, se não der, use sacolas plásticas para embalar os objetos. Depois de acomodar tudo dentro da mochila, envolva-a com um saco plástico para que fique protegida também.

5. E mais…A bicicleta deve ter buzina, paralamas e luzes que chamem a atenção dos motoristas. Uma casa especializada saberá indicar qual é o mais apropriado e fará a instalação dos equipamentos. Você também deve dar bastante atenção à correntes, que devem estar bubrificadas e aos pneus, que não devem estar muito cheios, pois o excesso de pressão, durante a pedalada na chuva, deixa os pneus com pouca aderência ao piso, o que pode causar escorregões em curvas e frenagens.

Fonte: comofazer

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s